segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011


Falar de amor não é amar !

0
"Nossos sentimentos são tão próprios à ponto de ser insignificante para outra pessoa, claro é só a gente que sente. é óbvio. eu te amo já é clichê demais, verdades não são tão verdades, mentiras são opções simples de quem tem medo de sofrer. ver o por-do-sol, fazer pic-nic, andar à pé, são sonhos simples de românticos descontrolados. falar de amor é tão complicado. não há regras para seguir, ou quebrar. há apenas intuições de um coração novo ou velho, mas um coração. falamos de amor sem amar, falamos de amor amando. cada um sabe o que sente, sente o que vive, vive o que sonha. respiramos porque é necessário, pois algumas vezes até esquecemos, aquelas vezes que estamos tão concentrados na felicidade que nosso sorriso brilha. amar a nós mesmos é muito mais que um amor à outra pessoa, deveríamos conter nossos "eu te amo" para quem realmente merece, parar na frente do espelho e falar para nós mesmos umas trocentas vezes, isso seria frases muito bem merecidas. há quem diga que a melhor música é aquela que ouvimos e relembramos. nos faz cantar e dançar. nos faz sorrir. Pois falar de amor não é amar, temos que DEMONSTRAR."

0 comentários:

Postar um comentário